segunda-feira, 7 de abril de 2008

Depoimentos de pessoas discriminadas

O preconceito racial afeta milhares de habitantes de todo o mundo. Isso acontece, pois há pessoas discriminam outras, por acreditarem que são melhores que os outras, em várias questões como: na cor, na sabedoria, na renda mensal, na escolha da religião, nos bens que possui, entre outras. Veja alguns depoimentos de pessoas discriminadas:



TEXTO 1


No ano passado eu passeava num shopping de Curitiba com a minha mãe, quando gostei de uma blusa.
Entrei na loja.Vi o preço. Era caríssima. Mesmo assim quis experimentar.
Mas ninguém me atendia. As vendedoras me olhavam de cima para baixo.
Olhavam e faziam que não me via.Fiquei nervosa e fui embora. Disse a minha mãe o que tinha acontecido. Decidi então voltar. Entrei e contei ate dez. Todos continuavam a me ignorar. Ai explodi. "Será que tenho de abrir minha bolsa e mostrar o cartão de credito?" Virei as costas e sai. A gerente então correu atrás de mim. Tentou me explicar que não podia adivinhar que eu tinha dinheiro para comprar a blusa. Não quis ouvi-la, não. Poxa, só porque sou negra não posso ter dinheiro? O preconceito existe, sim...

Cinthya Rachel, 18 anos, a Biba do castelo Rá-Tim-Bum







Texto 2


Em março deste ano eu estava nas Lojas Americanas procurando um presente paras minha mãe, e carregava um caderno que ela havia comprado lá mesmo noutro dia. Ai chegou uma segurança e foi logo me acusando de roubo. Revistou minha bolsa e como não tinha a nota fiscal comigo, fui levada ao Juizado de Menores. Só quando minha mãe apareceu com o comprovante é que fui liberada.
Eu fiquei muito nervosa, nuca tinha sido acusada de roubo, e nem xingada por ser negra. Foi a minha mãe que fez me ver que isso era racismo. Ainda bem que não todo mundo assim racista. Eu tenho orgulho de ser negra estou feliz com a cor que Deus me deu.

Isabela Santos 14 anos, Salvador.



Isabela e sua mãe moveram uma ação contra a empresa por racismo. A juíza Maria Santiago condenou as Lojas Americanas a pagarem a Isabela 1 Milão de reais de indenização por danos morais.







Texto 3


Desde os 12 anos, coloquei na minha cabeça que eu poderia me dar bem no futebol. Era um sonho, eu sabia. Então por segurança, estudava para ser torneiro mecânico. Enquanto eu vendia pasteis em feiras livres, meus dois irmãos capinavam o jardim dos vizinhos. Mamãe oferecia tapetes nas ruas e papai era gari da prefeitura. A vida era difícil refrigerante e frango, só aos domingos. Na escola, como eu não tinha dinheiro para comprar doces na hora da merenda meus amigos diziam: “Também seu pai é preto e lixeiro”. Até hoje me lembro de um garoto branco, o Marcos. Ele era muito rico para os nossos padrões, mas era o único que não se incomodava com a minha cor. Era o meu melhor amigo. Tocávamos as roupas e ele deixava eu usar a dele muito mais caras e bonitas do que as minhas. Eu nunca ia ás festas boas do meu bairro.Tinha medo da discriminação. Sei que os grã-finos me olhavam de maneira diferente, então procurava o povão em bailes funk. Tudo isso era triste para mim, mas a pior decepção foi quando me apaixonei pela a filha de um marinheiro. Ele na o admitia vê-la ao lado de um negro de cabelo black power. E esse racista arruinou tudo


Marcelo Pereira Surcin, o Marcelinho Carioca jogador de futebol

27 comentários:

Brenda Mattos...Dourados-MS disse...

"O preconceito hoje em dia é tão frequente que as vezes, as pessoas (negras,indigenas) São discriminadas e não percebem.
Isso é uma vergonha para o povo BRASILEIRO !!!
Eu sou de etnia branca e minha melhor amiga é negra...e eu adoroO ela..Nós temos que nos unir...

Todos contra o PRECONCEITO E RACISMO !!

obrigada..

Anônimo disse...

Em toda a minha vida estudantil,do 1º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, fui várias vezes vítima de discrimnação racial.Às vezes, até mesmo, professores me olhavam de uma maneira diferente dos outros alunos.Alguns colegas me chamavam de negrinho,e eu ficava cabisbaixo.Já sofri muito com essa ação desumana.
Hoje em dia, tenho já, uma consciência mais lúcida do que é ser discriminado.E não adianta vir com essa tal discriminação encima de mim,porque o bicho vai pegar!!!É para acabar com esta,que existe a justiça humana.

Uarlei Moisés

mateus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mateus disse...

"o preconceito hoje em fia está grande minha fanilía já foi discriminada sou branca mais tenho tios que já foi acusados de roubo só porque eles são negros mais tenho orgilho de ter tios negros".
Abaixo ao preconceito!

Elizandra 15 anos-pernambuco

samirys disse...

A coisa mais ridicula que eu acho e o peconceito minha melhor amoga e negra e eu sou parda adoro ela nao somos iguais mais nao e a cor que nos fais diferentes mais o modo de argimos e pensarmos eu ja denfendir ela de muitos preconseitos!
mais tem negros que tem preconseitos com os brancos ou ate com a propria cor
achei muito legal o proposito desse blog nos alerta que o preconseito ainda existe

Anônimo disse...

eu sou negro , e meus amigos de sala de aula a maioria são brancos, e me tratam com o maior respeito mais mesmo assim, acho que eles tem um pouco de preconseito o que devo faser? pergunto se e verdade?

Anônimo disse...

não sou negra mas infelizmente a alguns meses passados fui vitima de um preconceito só por que não tenho tantas condiçoes financeiras,foi um menino me disse coisas horriveis sem condiçoes de comentar,agora me diz só por que uma pessoa tem condiçoes precarias de dinheiro ou não tem uma vida bem sucedida como a outra ela tem de sofrer,sendo vitima de piadinhas sem graça e ouvir absurdos como:fidida,pobreta não o que é isso,poxa sou pobre mas sou onesta e muito limpa.como dizia a música do renato russo que país é esse...

Anônimo disse...

eu sofre muito preconceito e hoje se vivo foi por causa dele que ande para frente!!!!!!

Anônimo disse...

sofro muito preconceito porque me acham feia.um dia levei meu filho pra tomar um sorvete e quando voltamos tinha uma turma de rapazes sentados numa mesa de um bar.Eles se entreolharam e quando eu passei todos eles começaram a rir muito.Fiquei extremamente constrangida e triste porque sabia que era de mim que eles estavam rindo.Meu filho me perguntou porque eles estavam rindo e eu não soube o que dizer.O que pra eles foi engraçado pra mim foi terrível.Moro em Nova serrana MG

Anônimo disse...

um dia estava na fila da caixa econômica quando vi dois homens olhando pra mim.Meu filho tem 13 anos e estava comigo,ele me disse:-Mãe aqueles homens tão falando da senhora.Comecei a prestar atenção.nunca ouvi tanto absurdo na minha vida,um deles falou que não tinha como meu filho ter nascido de mim porque eu era muito feia,que eu parecia um homem que eu tinha pagado meu filho pra me chamar de mãe,e falou que essa raça é assim mesmo.o que mais me entristeceu é que o outro homem começou a rir do que ele disse .Meu filho queria que eu fosse lá mas, preferi ir embora.Nova serrana MG

Anônimo disse...

preconceito e racismo vem de casa vamos educar melhor nossos filhos

Anônimo disse...

o que disser sobre o preconceito,as pesssoas ja possui um conhecimento sobre este,mais ainda nao entento por que o faz,se todos nos somos iguais se limitanto apenas nas nos famosos´´ trejeitos´´ as vezes imagino se todas pessoas divesse meu defeitos,eu me odiaria,entao as vezes agradeço por existi pessoas diferentes de mim,e nao e dinheiro ou poder que faz as pessoas melhores, e que tem preconceito contra outras pessoas sao todamaente fracos..... lady ludy

joyce disse...

eu tanben ja sofri racismo por causa da minha cor de pele eu acho isso orrivel e dessumano se eu não quero issopra min por que irei faser com outra pessoa feita de carne e osso como eu entendo vcs e acho isso um horror ja ouve ate caso de morte!!! entao nao tenham medo de contar aos seus pais conten vcs so vao faser o bem para vcs mesmos!! >< bj

Anônimo disse...

oiii pessoal eu so aluno do 9º ano eu e meus colegas estavamos fazendo um trabalho sobre preconceito e vimos que isso é um horror isso nao se fas a nimquem na nossa sala de aula a maioria dos alunos são brancos porém a alguns alunos pardo mas eu sou muito amigo dele e axamos que isso nao se faz se vx sofre preconceito conte para seus pais nao fike calado
eu adimiro muito as pessoas que sao negras e nao tenho preconceito e quem tem desculpe mais nao é mt inteligenti nem humano porq a pessoa e de carne e osso como nos e no final dos tempos quando deus vir para salvarmos nao hvera cor riqueza beleza havera apenas pessoas honestas di bem e que fizeram a diferença intao pense nos seus atos nao seja preconceituoso !!!!!

Anônimo disse...

Tem meninos na minha sala que é negro, e ninguem tem preconceito dele, mas tem um gordãoo branco lá, e todo mundo fica bullinguinando ele, e ele adora salsinha, ai ficam chamando ele de salsixão e tal, EU ACHO HORRÍVEL

Anônimo disse...

Tem meninoe na minha sala que é negro, e ninguem tem preconceito dele, mas tem um gordãoo branco lá, e todo mundo fica bullinguinando ele, e ele adora salsinha, ai ficam chamando ele de salsixão e tal, EU ACHO HORRÍVEL

Anônimo disse...

Consciência Negra é algo muito importante a todos no Brasil que sofrem de discriminação racial. Muitas pessoas ainda em pleno século XXI, se acham melhores que outros.(José Roberto,aluno do EJA)

Anônimo disse...

A discriminação racial aos negros é característica de quem não tem consciência.Por que essas pessoas não param pra pensar que todos são iguais?
(Williton Pereira,Estuda no Eja na Escola Mul.Anália Simões em Gunaumby-Buíque-Pe)

Anônimo disse...

Meu nome é Júlio,acho que a discriminação racial é um ato de covardia.Pessoas que não sabem respeitar o próximo e não dão valor ao seus descendentes.Apenas por serem de outra cor?
De outra religião?De outra classe social?
Discriminação é um ato para pessoas más.Diga não a discriminação racial!Não seja como muitos covardes,seja justo.Lembre-se que somos todos iguais.
Júlio Arnaldo,aluno do Eja da Escola Mul.Anália em Guanumby-Buíque-Pe)

Anônimo disse...

as vezes..dividir oq vc passou para outras pessoas e melhor q sofrer calado...eu n sou preconceituosa...pq senti na pele como essas pessoas sao...elas precisam de lavagem cerebral.

Priscila Cristina disse...

http://www.facebook.com/pages/Ser-diferente-%C3%A9-normal/383071355121758?ref=hl .... CRIEI ESSA PÁGINA EXTAMENTE POR TER SOFRIDO DISCRIMINAÇÃO POR CLASSE SOCIAL,E MEU MARIDO É DF ,ENTÃO RESOLVI CRIAR A PA´GINA AFIM DE PODER DEBATER COM OUTRAS PESSOAS ESSE ASSUNTO QUE É TÃO SÉRIO...VALEU

Yara Brasil disse...

Eu sou mistura de negro com índio...

sofro dobrado todo tipo de racismo que imaginarem...

inclusive, eu que nunca me prostituí nessa vida... sou sempre chamada de PUTA!!!!

Se as pessoas soubessem a dor que é para um mulher que nunca vendeu sexo na vida ser chamada de prostituta por causa de sua aparencia etnica... (exótica) se soubessem o que isso causa no psicológico de uma mulher... as pessoas pensavam 2 vezes e teria certeza antes de sair acusando qualquer mulher de ser prostituta... porque ainda existem mulheres que preservam a HONRA e acima de tudo que se respeitam...

Anônimo disse...


https://www.facebook.com/pages/Kethelyn-a-Princy-De-Guarulhos/245570858907641
fui descriminada em uma agencia de modelos. meu perfil e gordo, nao devo comer bala chocolates etc.

Anônimo disse...

É triste ver que 3 anos depois do Post o racismo ainda existe, não sei se vem diminuindo, ou se vão se disfarçando.

Eu namorei escondido com uma menina quando tinha uns 15 anos de idade, e tiver que terminar o namoro porque a mãe dela não aceitava ela namorar com uma pessoa negra. Foi uma das maiores decepções da minha vida.

Anônimo disse...

eu e meu filho fomos empurrados varias vezes por dois policias na cidade de ESTEIO-RS, sob acusação de estarmos traficando, pois entregavamos panfletos para um comércio. os policiais diziam que estavamos traficando. quem inventou a denúncia foi a dona de uma loja de bolsas, que ficou na porta rindo de nós. no final da tarde, nervosa e com medo, fui até a dona da loja e perguntei qual a razão dela estar impedindo meu filho e eu de entregarmos os panfletos. ela me olhou com nojo, e nem disfarçou. disse que gente como nós só poderia estar traficando. fui até a polícia civil e o policial de plantão disse que qualquer pessoa pode denunciar a outra se suspeitar. sai da delegacia de Esteio-RS morta de vergonha e de raiva. Cada vez que passo em frente ao comércio de bolsas dessa pessoa, ela vai até a porta, rí e mostra o telefone. ela diz que não quer negros na calçada dela.

Mônica Pacheco disse...

Acho ridículo , absurdo isso de preconceito.
Acredito que somos todos iguais independente de raça,costumes,religião,poder aquisitivo,enfim,essas coisas não definem nosso caráter,e a pessoa que somos.
Já sofri muito "Bullying" na escola por causa do meu tamanho (pequeno) e por ser gordinha , aquilo me doía muito, mas cresci com um pensamento bom , de jamais discriminar alguém , aceitar as pessoas como elas são.
Mas para acabar com esse preconceito temos que educar nossos filhos de forma diferente , pois geralmente o preconceito vem da educação dada em casa mesmo (Ainda não tenho filhos,mas tenho esse pensamento).
Existem pessoas que tem preconceito consigo mesmo, mas não é por que a sociedade não te aceita do jeito que você é, que você tem que se discriminar também não . Temos que ter amor próprio , aceitar como Deus nos fez ...
Hoje ainda sofro "Bullying" por ser pequena , mas não sou mais gordinha .
Quem me discriminava quando eu era criança , hoje "paga pau" (risos).
Adoro ver as pessoas me elogiarem e querer a minha amizade ,quando antes só queriam me ver triste e chorando.
Mas sou feliz do jeito que sou ,me amo assim , e quando as pessoas começam a fazer piada de mim entro na brincadeira também , isso as deixam com cara de idiotas, dai elas param...
Mas pra conseguir viver bem hoje em dia tem coisas que temos que levar na esportiva .. Só que quando é grave temos que procurar a justiça e nossos direitos , pois apesar de cores, raças , poder aquisitivo , somos todos cidadãos querendo um país melhor e lutando por isso.

Mônica Pacheco 18 anos . Arapoema-TO

Anônimo disse...

Meu deus cada dia q passa fico indignada com as pessoas.....
Ñ sou negra,más choro quando vejo pessoas discriminar criancinhas por erem negras....
Já vi muitos pequenos chorarem por quê OS BRANCOS os chamam de macacos...
Quero saber pra quê isso,o que define o caráter da pessoa ñ é a cor más sim seu modo de se expressar,seu modo de agir...
Se os racistas soubessem o quanto dói.....
Acho q eles deveriam cair na real...
Simplesmente disse o q acho,ñ estou acusando ninguém.
Cada qual tem sua opinião....
Tenho 13 Anos e estudo 9°Ano
Meu nome é Maria Eduarda.